sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Elegias de Verão




Elegia de Verão

Alguma coisa tem que mudar
Nós não podemos continuar assim
Um ano a mais e mais inseguro
Para onde vamos daqui?
Muitas noites e dias
Eu tenho passado com você

Falando sobre o que deveríamos fazer
Eu não posso dizer
Nada está claro para mim mais

Mais uma noite sem dormir
E outro dia desperdiçado
Essa música não tem fim
Tantas palavras enchem minha mente
Você desistiu cedo demais
Não mais certa de onde você quer estar
Vire-se
Veja o que você já encontrou

Vamos beber pelos amigos ausentes
Por todo o cuidado e tudo que compartilharam
Nós levamos nossa vida até o limite
Eles ainda tentam entender
O tempo está acabando
Você está indo para baixo
Venha, vamos para onde quer que estejam

Faça uma escolha
Fique para trás ou siga-me(Richard Wright)


Contra As Possibilidades

Cada vez que regressamos
Para este lugar louco
Nós quebramos a promessa, cara a cara

Fácil de fazê-la
Fácil de quebrá-la
Alguma coisa aqui nós não entendemos

Eu não sei
Porque nós estamos indo assim
Eu não quero mais brigar esta noite

Toda vez é o mesmo
Um culpando o outro
Eu não quero mais falar esta noite

Nós passamos por isso antes
Agora pedimos por mais
Parece-me que não podemos fugir de todo

As palavras não têm significado
Mas Oh, um sentimento como esse
Pode haver um jeito de sair daqui

Eu não sei
Porque nós continuamos então
Eu não quero mais brigar esta noite

Toda vez é o mesmo
Um culpando o outro
Eu não quero mais falar esta noite(letra Juliette Wright- Música: Richard Wright)

Canção do Pink

Quieto, meu amigo sorridente
Jogado em nossas vidas
Você deu tudo o que podia
Viu através do nosso disfarce

Eu tinha que ficar
Eu não podia partir
Dê-me tempo para que eu possa respirar
Dê-me tempo para estar à vontade

Pacientemente, você viu a gente tocar
Peças que você tinha visto antes
Mesmo assim, algumas vezes nós perguntamos
Você quer ficar com elas ?

Preso entre a teia emaranhada
Você ajudou a nos libertar
Infelizmente, então, você se perdeu
Então você teve que partir

E eu devo ir, seguir meu caminho

Deixe-me ir, não posso ficar
Deixe-me ir, não devo ficar

E eu devo ir, seguir meu caminho
Deixe-me ir, não posso ficar
Deixe-me ir, não posso ficar(Richard Wright)



4 comentários:

  1. \o/ eeeeeeeeeeeee ADOREII OS VIDEOS VISSE...adoro ser apresentada a musicas legais!!!

    XEROO MOÇO

    ResponderExcluir
  2. Aqui em casa, é música o dia quase todo.
    Tenho uma cadela que adora dormir ouvindo música.
    Às vezes ela pede para ficar aqui no quarto do PC , já sei que é para ouvir música.
    O bom é que temos o mesmo gosto musical.

    ResponderExcluir
  3. Richard Wright é meu músico predileto.

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão respondidos.

Marcadores