segunda-feira, 28 de outubro de 2013

O Mais Underground, O Mais Excêntrico

Ontem, comecei a pensar que os hospícios e os asilos devem ter muitos computadores, e que seus coordenadores deixam os loucos à vontade, a usar a internet.

Claro que com mais de 50 anos, conheci muita gente biruta no  mundo. Mas em 6 anos interagindo, tudo transcendeu.  Como tem gente maluca na internet!

Sim, eu próprio digo que sou louco, mas nunca fui internado, sou discreto, não tomo remédios controlados, moro sozinho, seguindo a rotina de um homem recluso, recluso por opção. Deprimido mesmo, só me lembro de ter ficado duas vezes: em 1979 e 1987.
E no mundo virtual parece que virou mania ser deprimido, ser bipolar...

Há poucos dias, num blog de rock, um sujeito muito culto, que escreve muito bem, usando o nome de um personagem histórico, atacou sem piedade o proprietário do rock, só por não ter concordado com uma opinião dele. O ataque foi tamanho, que até chegou a ser cômico. Mas, o proprietário do blog, não achou nada engraçado... Pela primeira vez, o vi sair do sério, ficou muito irado, proferindo até palavrões.
O que se passa na mente de uma pessoa tão culta ,atacar, sem  motivo justo, forte outra? Loucura?
Zoação?  Os dois?

Certamente, que muitos usam o mundo cibernético, depois ou durante o consumo de bebidas alcoólicas e/ ou drogas.

Cheguei a um ponto que não tenho mais preferência por uma determinada pessoa, no mundo virtual. A LB e a LL, duas que considerei minhas melhores amigas, em épocas diferentes, saíram da minha vida.
No mundo virtual, enterrei de vez o sentimento de se ter um melhor amigo. Bobagem isso; bobagem ter expectativas, que viram frustrações.
Pouquíssimas pessoas no mundo virtual valem à pena. Poucas não são desequilibradas.

Não tenho preferência por blogs. Pra mim, não existe um melhor, um pior...

A pior pessoa que conheci no mundo virtual, ainda existe, é o tal blogueiro, dono de um blog musical, o qual tive uma forte discussão, há meses, em outro blog musical.

E existe a mais underground, a mais excêntrica.
É um elemento, que durante um bom tempo, atuou num site. Um site bem diferente da blogosfera. Ninguém segue, ninguém faz amizade. Há textos, com vários assuntos, vários autores, e espaço para os comentários.

O tal sujeito usava um nick de um famoso ator. Ator que eu nunca tinha ouvido falar. É um ator querido, bem sucedido. As primeiras vezes que li seus comentários, não gostei nem um pouco.
No entanto, não sei se tenho um lado sádico bem aflorado; talvez mesmo até um desprezo pela humanidade, além de ter o humor negro, que acabei gostando do comentarista citado.

Poucas pessoas gostavam dele. Ele, na verdade, era odiado. Alguns até pediam que ele fosse banido do site.

Acredito que talvez todos, que ainda me leem, não gostarão nem um pouco dele, mas, vamos lá...

Ele não gostava de pobre, crianças, mulher gorda, gay... Dizia que as mulheres reclamam muito e que elas nasceram é para dar alegria aos homens, só pra isso.  Chegou ao cúmulo de dizer que Hitler foi mal interpretado.
Dizia que o Brasil era terra de macaco; mas não por causa da cor, da imbecilidade do brasileiro.
Descia a lenha nos políticos, claro! Vivia chamando os juízes de direito de safados(rs). Falava , em outras palavras, que futebol é coisa para trouxa(rs). Detestava poluição sonora. Criticava os religiosos,em especial  aos pastores evangélicos.

Quando pintava um texto, falando da morte de um bandido, ele dizia: "ótima notícia!"

Vero que eu não concordava com grande parte de seu pensamento. Mas, por outro lado, ele dizia de uma forma bem peculiar. Suas tiradas eram incríveis; algumas até cômicas.

Uma vez, a polícia teve que intervir numa casa , a qual a proprietária tinha a mania de guardar tudo quanto é tipo de coisa, com isso, a vizinhança estava sendo incomodada, principalmente com o mau cheiro. Ela ficou bem pra baixo,com o recolhimento das coisas. O comentarista disse que se tratava de uma doença, e que era melhor ela se suicidar, porque nunca conformaria em  ficar longe dos objetos. Choveu de crítica dos navegantes, por causa de sua opinião.rs

Certas coisas que ele dizia, eram bem fortes mesmo, até desumanas. Mas, ele era bem culto e igualmente fazia comentários pertinentes. Era um homem muito bem atualizado.

Creio que devido a seu carisma e sua figura polêmica, foi a causa de surgir outros usando seu nick, sendo que o que mais se destacou foi o número 2; havendo ainda o número 3, que sumiu rápido e até um número 5(rs). Mas nenhum deles, tão carismáticos.

Em alguns comentários, ele começava a dizer coisas sensatas, para no final estragar tudo, com um pensamento radical, às vezes, até desumano.

Em umas três vezes, xingou o moderador, por ter comentários censurado. Numa ocasião, num mesmo dia, teceu comentários em vários textos, terminando com frases assim: "me desculpem, mas vou ter que ir na zona, transar com a mãe do moderador, e depois volto..."rs. Ele xingou o pessoal da moderação de filho da p.... No dia seguinte, em muitos textos, uma pessoa se identificando de Moderador, falou: "me desculpe, mas eu vou transar com a mãe do *(era a mãe dele, do excêntrico opinante-rs).

Ele costumava sumir uns dias... depois voltava... Praticamente só usava o site de manhã. Nunca rebateu as críticas que sofreu pelos outros navegantes, embora falasse coisas como: "depois vem algum imbecil aqui dizer que sou isso, aquilo...".

Quando um empresário foi preso, acusado de colocar câmeras escondidas no banheiro de sua firma, para  observar suas funcionáriias, ele falou que o site deveria exibir as fotos delas, no banheiro, "pra gente ver o material". E a indignação foi geral.rs

Apesar de o acusarem de racismo, seu nick era de um ator negro. O pessoal falava que ele era doente, frustrado, não deveria ter ninguém na vida, que era desumano...
E ele nem respondia...

Mas, o que era doce se acabou. O site deu uma reforma geral, incluindo até no layout, passando a exigir senha para opinar, com o respectivo e-mail, e o nosso amigo opinava anteriormente sem usar login.
Isso há meses, e nosso herói sumiu do mapa.

Fico matutando: quem seria esta pessoa tão underground, excêntrica? Quantos anos de idade? Bom, tantas dúvidas...  O que se passa na mente de uma pessoa assim? Se ele é do jeito, mostrado por suas opiniões, penso que deve ter sérios problemas psicológicos.  Ou ele estaria só zoando?
Sei que ele faz falta, pois o site nunca mais foi o mesmo. E ele me fazia rir.

Viram, sou louco mesmo e ruim, vulgar-adoro o que não presta(rs). E como a maioria dos que interagem prestam, não me dou bem  com eles, entenderam? rs


Foto de algumas mulheres que interagem em redes sociais e na blogosfera.






24 comentários:

  1. Por***, tu anda por cada quebrada kkkk
    Olha, eu tenho certeza absoluta que loucos tem poucos, mas tem muitos frustrados, ególatras,mitômanos e gente que toma umas 10 e fuma uns 6 antes de responder aos comentários.
    Só isso pra explicar certas coisas que tenho lido.
    Dessa galera de doidos que vc frequenta (rs) fiquei curioso em saber quem é o protagonista do quarto parágrafo. Porque se é pra ter um blog pra estressar deste jeito é melhor fechar.
    Falando sério (mentira!) eu me divirto muito lendo essas discussões sem fim, tipo, qual o melhor guitarrista, baterista, cantor, num chatice que não tem fim. É como um amigo fala, que jamais vc vai conseguir convencer que a sua banda é melhor que o do outro. É como querer que um vascaino passe a torcer pro flamengo e vice-versa.

    ResponderExcluir
  2. Bem interessante seu comentário.rs

    Até mesmo o conceito de loucura, é polêmico, é relativo.

    Concordo que tem este tanto de adjetivos que vc citou, e gostaria de acrescentar: os falsos e os inconstantes.

    Durante estes seis anos de interação, frequentei uns 80 até 100 blogs de rock, na maioria , eu comentava. Na maioria, fui bem tratado. E vi poucos ególatras. Infelizmente, muitos destes blogs, não existe mais.

    Entretanto, nos blogs de outro estilo, o qual frequento, vi muita loucura, incoerência, rasgação de seda...

    E a maioria das brigas que presenciei foi, justamente, nos blogs de rock, sendo que algumas é até mesmo por isso que vc falou: "meu grupo é melhor que o seu..."

    Agora, o site que citei, no qual aparecia o excêntrico, é o site que exibe cultura até. Hoje, com os comentaristas sendo obrigados a logar e com e-mail, figuras como o excêntrico, praticamente, desapareceram, e eu acho uma pena, que , apesar de alguns energúmenos, era bem divertido. rs

    Grato pela presença.

    ResponderExcluir
  3. Eu ja tinha visto aquilo lá. Nunca vi tamanho desperdicio de tempo e energia como aquilo.
    Bastaria mandar o cara pra aquele lugar em 1 só linha. Pra que escrever um biblia para isso?
    Alguém realmente consegue ler tudo aquilo? Eu não consigo. É maçante pra todo mundo, até para quem não nada com aquilo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não posso censurar o proprietário do tal blog, pois também sou prolixo e muito nervoso.rs. E como ele mesmo disse, paciência tem limite.

      Excluir
  4. Após ler esta postagem, procurei por um arquivo que me permitisse passear por algumas outras... Não encontrando (talvez tenha passado por ele sem perceber) pude ler algumas através do Postagem mais antiga. Só posso dizer que gostei muito da tua forma de se expressar, sincero, realista, autêntico, e pude conhecer um pouco da tua forma de ver a vida e do funcionamento deste mundo virtual (se assim posso me expressar), de como os relacionamentos se processam, das decepções que muitas vezes se tem com aqueles que julgamos 'amigos'. Enfim, teu blog muito me agradou e se permitires, vou voltar para me inteirar de outras postagens e outros assuntos que através de tua visão, tenho certeza, se tornarão instrutivos e interessantes, pela pessoa simples e direta, culta e organizada, que demonstras ser.
    Sou nova neste mundo blogueiro e meu ingresso se deu pelo simples fato de querer extravasar (de forma anônima, confesso) aquilo que me vai na alma. Muitas vezes não se tem uma pessoa a quem confiar nossos medos/fracassos/dúvidas/anseios... tantos, que só o papel consegue receber (e entender, por não ser um interlocutor opinante) de uma forma passiva, pois muitas vezes queremos apenas extravasar, botar pra fora um peso que de outra forma nos sufocaria. E mesmo que sejam 'apenas lembranças...' quase sempre são também atuais... vá entender os meandros da alma.
    Sempre deixo sorrisos (às vezes os tenho em profusão) e uma estrela (pego-as gratuitamente) por onde passo, mas vou deixar-te apenas minha admiração (sem puxa-saquismo, não sou disso), como forma de agradecer pelo bons momentos aqui passados.
    Com carinho,
    Helena

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Helena, seja bem-vinda!

      Muito obrigado pela sua bela mensagem!

      Apareça mesmo, será bem-vinda!

      Tudo de bom pra vc!

      Retribuo o carinho.

      Excluir
  5. Eustáquio,
    passo pra dar um salve! Não consigo acompanhar todos os seus posts e, já que tentei, sinto-me à vontade pra dizer que não gostei desse seu último post. Eu resumiria o que você disse com uma frase, algo como "a internet tem muita porcaria e não vale a pena perder tempo com isso." Mas, ao reproduzir picuinhas e discussões de mau gosto na internet, você acaba sendo um instrumento para reproduzi-las. E acho que você tem muito mais a dividir com quem, como eu, frequenta o teu blog. Por exemplo, análises de músicas, influências musicais, etc., que você parece conhecer tão mais do que eu (acho mesmo que eu nunca chegarei a conhecer tanto, já que praticamente só ouço Jimi há mais de cinco anos...). A propósito, gostei muito do post sobre A Vida na Terra. E, claro, compartilhamos o gosto pelas belas mulheres, com que você ilustra o teu blog (alguém lembrou da foto da Mônica Belucci...?). Enfim, não sei se eu voltaria ao teu blog se o tivesse conhecido por este post, então deixo a você essa reflexão.
    Conversamos melhor outra hora. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Marcelo. Tenho passado com frequência no seu blog, embora hoje não tenha passado, e notei seu sumiço.

      A propósito, tentei ser seguidor do seu blog, mas, sei lá pq, apareceu um outro login meu, o qual nem lembro mais a senha(rs), com a foto do Costinha. Esta foto estava salva há um tempo no meu pc. Eu iria colocar outra, do meu avatar, mas não aceitaram, daí coloquei a do Costinha(rs).

      Por isso, para ir até seu blog, tenho que voltar naquele post, o primeiro que vc comentou por aqui, deixando o link.

      Sobre o que vc disse a respeito do post, respeito sua opinião, claro.
      E agradeço à sua sinceridade. Às vezes, pego pesado, e hoje mesmo, apaguei agora à tarde, um post que fiz na parte da manhã.
      No entanto, este eu gostei. Tem a ver comigo e faz parte da minha experiência no mundo virtual.

      No tal blog de rock, em que houve a briga, gosto de navegar por lá, até mesmo pq gosto de rock. O proprietário é ótimo para fazer resenha e responde a todos os comentários com educação.
      O problema é que depois que o número de comentaristas aumentou, começou as polêmicas e , em consequência, as brigas. Fui o primeiro a brigar, e não mais comentei por lá. As brigas continuaram, continuaram... até que o proprietário do blog, optou por moderar os comentários, aí tudo ficou mais calmo.

      Quanto ao excêntrico do site, eu gosto dele. Acho-o original, nada politicamente correto e até egnigmático. É uma figuraça, de estilo mesmo, apesar de chocar com alguns comentários.

      Portanto, postar este post, me fez bem, já que mais uma vez desabafei, mostrando , entre outras coisas, minha indignação por certos comportamentos de algumas pessoas no mundo virtual, embora não tenha agradado a você e talvez a outras pessoas(rs).

      O que vc disse a respeito de músicas e mulheres, já postei um cado, mas estou sem inspiração. Na verdade, tenho pensado seriamente em parar de postar e descansar da blogosfera.

      A Monica Belucci, a da foto aqui do blog, isso?rs. É uma coisa de louco, não é Marcelo? rs
      Tenho outro blog, só de beldades, só para convidados. Se vc quiser, deixe seu e-mail(não vou publicá-lo), que te mando um convite, para vc dar uma olhada. E lá tem Monica Belucci.rs

      Grato por sua presença.
      Abraços!

      Excluir
    2. Eustáquio,
      entendo o seu lado, mas enfim, se eu tivesse conhecido o seu blog por esse último post talvez não tivesse voltado...
      Claro que o seu outro blog me interessou, mas ainda não me sinto à vontade para copiar aqui, no aberto, o meu email.
      Abraço!

      Excluir
    3. Como eu disse, seu e-mail não seria publicado, mas se vc não se sente à vontade...

      Excluir
  6. Eustáquio,
    por falta de tempo não tenho conseguido acompanhar os seus posts. A propósito, não gostei deste último, que eu resumiria com uma frase: "a internet tem muita porcaria que não vale a perda de tempo". As pessoas têm coisas boas e ruins a dividir, e ao discutir sobre isso você acaba reproduzindo as ruins...e acho que você tem muito mais a dividir, como o seu gosto por música e por belas mulheres (alguém lembrou da Mônica Belucci?), e também as suas questões existenciais. A propósito, gostei muito do post sobre A Vida na Terra, que acabo de ler.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  7. Caramba, mas os meus dois comentários foram publicados...?! Desculpem por isso! É que tive certeza de ter perdido o primeiro porque não apareceu aviso de que foi ou de que seria publicado...achei que fosse erro do blogger, fiquei puto e acabei escrevendo o segundo mais resumido...

    ResponderExcluir
  8. Vc que disse que tem em sua família uma pessoa esquizofrênica. Minha intenção não foi ofender aos que têm problema psíquicos. Inclusive minha avó paterna, que era uma mulher beata, reclusa e muito sistemática, foi internada algumas vezes. Seu filho mais velho, em 1980, também foi internado; mas, felizmente, saiu rápido do manicômio e não mais voltou a ser internado.

    Muitos me chamam de louco...

    Peço desculpas se te ofendi e ao seu parente, com minha postagem, não foi essa minha intenção.
    Um dos lugares mais tristes do mundo, é o hospício; quando eu visitei meu tio, este que acabei de citar, foi muito triste o que eu vi.

    Espero que tenha me compreendido e não fique aborrecida comigo.

    Tudo de bom pra vc!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mirtes Stolze. deixou um novo comentário sobre a sua postagem "O Mais Underground, O Mais Excêntrico":

      Bom dia Eustáquio.
      A sua frase os hospícios e os asilos devem ter muitos computadores, e que seus coordenadores deixam os loucos à vontade, a usar a internet.
      Que bom se fosse assim,porque eles tem os mesmos direitos do que você,eu ou qualquer um,porque não?
      Desculpas Eustáquio,mas eu tenho uma irma esquizofrênica,ela é capaz de se relacionar,de amar, toda a minha vida eu observei da sociedade,foi um grande preconceito.em certos lugares chegaram ao ponto de se retirarem.
      Pelo pouco que eu te conheço tenho a certeza que você deve esta chateado com algumas pessoas sem educação,isso não é loucura e falta de alguns princípios básicos de se relacionar,no meu ponto de vista quando há algum desentendimento simplesmente se afasta,sem precisar radicalizar,mas quem só eu para julgar,de forma alguma cada um se comporta como quer.
      Desculpas mas uma vez ,mas eu costumo ser sincera.
      Obs não precisa publicar,mas eu quis escrever,justamente por admirar a sua educação e sinceridade,espero que compreenda a meu direito de me expressar.
      Lhe desejo tudo de bom,um mês com muito sucesso e realizações.
      Um grande abraço.

      Excluir
  9. Bom dia Eustáquio.
    Primeiro um elogio verdadeiro você é uma das pessoas mas educadas que eu estou interagindo .
    Eu me expressei erradamente,quis dizer que você não era obrigado a publicar se achasse inconveniente,para mim não há nada a esconder.
    A minha irmã Marcia tem esquizofrenia,mas também só foi internada uma unica vez.
    Vive comigo a muito tempo,ela o máximo rsrs.
    Hoje é o meu dia de lazer oficial,e de consumo de bebida alcoólica rsrs.
    Uma vez ao més saiu com a minha filha sem celular,sem hora pra voltar ,rsrs
    Um ótimo dia.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mirtes, perdão por eu ter entendido mal. Eu havia jogado na lixeira o comentário, mas salvei o que estava na página de e-mail, e está postado acima.

      Muito obrigado pelo elogio, e no quesito educação, digo o mesmo a seu respeito, como vc disse de mim. E vc é doce também.

      Tudo de bom pra vc, sua filha e sua irmã.

      Dirvirta-se bastante, mas lembre-se, bebe, mas com moderação.rs

      Daqui a pouco, também vou sair e consumir bebida alcoólica.rs

      Um ótimo dia pra vc também.
      Beijos!

      Excluir
  10. Bom dia Eustaguio.
    Sinto falta das suas postagens rsrs.
    Esta tudo bem?
    Um ótimo dia.
    Um grande abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Mirtes.

      Tudo bem contigo? Espero que sim.

      Estou sem inspiração, sem assunto, por isso que estou meio sumido.

      Muito obrigado pela consideração.

      Abraços e lembranças para a sua filha.

      Tudo de bom!

      Excluir
  11. "Pouquíssimas pessoas no mundo virtual valem à pena. Poucas não são desequilibradas." É Verdade isso!!! Tão verdade que eu estou começando a achar que eu sou desequilibrar a valer kkk...

    ResponderExcluir
  12. No meu caso, já fui chamado , mesmo nos meus blogs, de louco, pelos opinantes.rs

    ResponderExcluir
  13. Cada pessoas tem um grau maior ou menor de loucura.
    Já bloqueei comentários de pessoas sem educação e depois me arrependi de ter apagado. Talvez ela gostasse de ver seu nome estampado sem uma mal colocação.

    ResponderExcluir
  14. É isso, Janice!

    Muito obrigado!
    Apareça mais!

    Beijos!

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão respondidos.

Marcadores