quarta-feira, 5 de outubro de 2011

Vai Ficar Na Recordação

Vai Ficar Na Recordação

No amor que eu lhe dei você não deu valor
Dos sonhos que eu sonhei você me acordou
E as coisas que lhe ofereci você não soube ter, você não ligou
Mas tudo que eu lhe dei sentiu falta de mim
Até o anel brilhante se apagou
E o vidro de perfume que cheirava a jasmim se evaporou
Mas tudo vai ficar só na recordação
E toda essa tristeza no meu coração
E as flores que um dia lhe ofertei
São as mais tristes entre as coisas que lhe dei(Luciano Lins/Paulo Sérgio)

9 comentários:

  1. Tantas coisas ficam nas recordações: as coisas boas que não podem ser esquecidas e aquelas ruins que deveriam desaparecer, mas não desaparecem. Mas fica na recordação também os sonhos que construímos, mas que nunca chegam a se realizar (infelizmente).

    ResponderExcluir
  2. Pois é, Roderick, o Antonio disse que quando ele entrava no meu blog avisava que o link do seu (Vazio sem fim) estava com vírus... Mas que bom que o problema foi resolvido... Vou voltar a fazer comentários aqui.

    ResponderExcluir
  3. Nossa... Que profundo isso.
    Realmente existem coisas que irão ficar somente na recordação.
    Embora esse texto/poema seja triste é real e serve direitinho para o meu momento por de por um ponto final... "E todas as coisas que um dia eu ofertei, são as mais tristes entre as coisas que eu dei".
    Obrigada por prestigiar o texto da Dama no Meu mundinho (que talvez para você deva parecer muito azul rs). É sempre bom conhecer pessoas novas e novas idéias. Acabei chegando aqui.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. "É melhor que caminhar vazio..."

    ;)

    Beijos, moço.

    ResponderExcluir
  5. Gilberto,

    Muito bonito o que vc disse, e bem realista.
    Vc é sempre bem-vindo!
    Apareça sempre!

    Patrícia,

    Boas vindas!
    Isso, na verdade, é a letra de uma música. Não consegui encontrar o vídeo dela, mas creio que você e a maioria que frequenta meu humilde blog, não gostaria da melodia, que é brega/cafona.rs
    O que eu mais gosto, tb é esse último verso, que vc citou; me toca muito.
    Eu que te agradeço, pelo comentário e por seguir meu blog.
    Apareça sempre!

    Luna,

    Mas, estou vazio, e muito!
    Luna, eu como acredito todo mundo, te acho muito legal. Bem, vou te fazer uma pergunta meio indiscreta, espero que vc não fique com raiva de mim. Vc é preguiçosa? rs. Bom, eu sou.rs
    Muito obrigado pela sua presença sempre simpatica.

    Apareça sempre!

    ResponderExcluir
  6. Lembrou aquela música que a gente canta com as crianças: "O anel que tu me desse era vidro e se quebrou, o amor que tu me tinhas era pouco e se acabou..."

    A vida, as vezes se enche de tons tão tristes!

    ResponderExcluir
  7. Essa música é bem antiga, Pandora, a que vc acabou de citar.

    Estou triste, sim, não nego, com saudades dela, que sempre foi muito importante pra mim.

    ResponderExcluir
  8. Achei triste, mas bonito ao mesmo tempo!

    ResponderExcluir

Todos os comentários serão respondidos.

Marcadores